No dia 16 de Julho de 2020 a Comissão Européia anunciou que nenhum dos servidores de cloud americanos estão de acordo com a Lei de Proteção de Dados (LGPD ou General Data Protection Rule - GDPR) e as leis de privacidades européias.

Esta não foi a primeira e nem será a última vez que a repercutida Lei denuncia os sistemas americanos. A única maneira de resolução seria os Estados Unidos acatarem leis mais sólidas para a proteção de dados pessoais, e reduzissem os mecanismos que auxiliam o NSA.

Como isso pode impactar você?

As grandes empresas que possuem grande parte dos servidores nos Estados Unidos, como Google, Microsoft, Facebook e outros, continuarão a receber multas por processarem dados europeus em solo americano.

Caso você possua por exemplo um servidor que oferece serviços a países europeus, e se você utiliza ferramentas como o Google Analytics para rastreamento de visitantes, é necessário que seu website peça permissão para este rastreamento, ou ele estará infringindo a GDPR.

Fonte:

https://ec.europa.eu/info/law/law-topic/data-protection/international-dimension-data-protection/eu-us-data-transfers_en#:~:text=Commercial%20sector%3A%20EU%2DUS%20Privacy%20Shield,-The%20adequacy%20decision&text=This%20framework%20protects%20the%20fundamental,US%20under%20the%20Privacy%20Shield.